Tag Archives: moda

Inverno Carioca

Mesmo com um dia de atraso meninas não temam, eu estou aqui, não abandonei vocês, mas com minha viajem rápida esse final de semana e a loucura do Golden Globes não deu pra subir o post com o bom e velho apanhado do Fashion Rio, maaas aqui estou e não, eu não ia deixar vocês na mão.

Presente na passarela da Nica Kessler, a combinação tricô+saia longa se mostra um boa opção balanceando o estilo e conforto e ainda assim se mantendo aquecida no inverno.

Amei o desfile inspirado nas aeromoças da PanAm da New Order, achei tudo realmente lindo e essa bolsa que lembra aquele famoso saquinho para a “indisposição” dos passageiros, o por falar em lembrar, eu fui a única que liguei essa bolsa à Candy Furla bag?

Desde que vi a Kryz Uy usando ando apaixonada por quimonos. De cara gostei bastante do desfile da Patachou ainda mais quando vi na passarela: os quimonos. Pra quem gostou e ainda não sabe como usar no lookbook.nu tem várias ideias e em breve aqui vou fazer um post especial só sobre eles.

Não só nos desfiles da Auslandar, Hercovitch, Maria Bonita Extra, Agatha, Espaço Fashion e vários outros, os mini comprimentos estão ai pra mostrar que nem só de verão eles vivem, se ainda assim você sofrer com um frio mais forte, uma meia calça mais grossinha pode resolver o problema.

Presentes no inverno passado as peles continuam no inverno 2012, aposta da Agatha e da 2nd Floor, em diferentes peças como saias, casacos e colete, no meu caso fico com o colete, mas vai de pessoa e de lugar.

E por último o comprimento mullet, na verdade foi algo mais tendencioso, sorry girls, mas não podia deixar de fora, depois de muito se ver por aí, só faltava ver em passarelas brazucas, e cá está, trazido pela Filhas de Gaia.

Anúncios

Os looks do Critics Choice Awards

E depois da rapidinha com os looks do People’s Choice, chegou a vez do red carpet do Critics’ Choice Awards.

Juro que não é figurinha marcada, mas não tem como deixar dona Stone passar em branco quando ela combina make azul+vestido verde – sim, parece que ela anda gostando de verde -.

Diane Kruger que nada mais fez além de cativar meu coração com seu Prada amarelo e cinza, e junto a Viola Davis e Elle Fanning provaram que nem só de pretinhos básicos vive o red carpet.

E por último mas não menos importante Evan Rachel Wood linda de viver com essa maquiagem com cara de rica, tudo muito leve e bonito.

As favoritas do People’s Choice Awards

E como não podia faltar, eu não deixaria o People’s Choice Awards passar em branco não é mesmo? Separei então meus looks favoritos da noite.

Emma Stone sua linda, diva sempre e dessa vez não podia ser diferente. Com uma escolha um tanto diferente do que costumamos ver em red carpets da vida, Emma apostou no combo blazer+calça e foi super feliz na escolha, sem falar a cor linda do blazer da moça.

A nova Demi, que ainda não havia estrelado nenhum post aqui no blog e nem eu sei o porquê arrasou (mais uma vez) em sua aparição, com um longo que até me lembrou um outro já usado pela moça, mas enfim.. mais uma escolha feliz e também ponto pro blush pêssego, aliás pra todo o make que tava lindo e bem feito.

E por último, minha Baby V (todas querendo me matar em 3..2..). Sim, é um vestido que segue mais a linha ou ama ou odeia, tem tudo pra ser odiado por mim mas eu terminei gostando, não só do longo preto mas também do make preto no melhor estilo mulher gato e da textura no cabelo.

Desejo do Dia: Gola Avulsa

Primeiro post da semana bem mansinho, só pra deixar todas nós desejando forever.

Nunca fui muito de gola avulsa, acho bonito em quem usa, mas não tenho vontade até porque prefiro gola v, gola u ou gola tipo canoa, mas essa realmente me cativou assim que vi.

Panamá, seu lindo!

Acabei de chegar de viagem e aproveitando toda essa vibe leve do verão, preparei dois posts especiais sobre beleza na praia (não estou falando de make, mas se quiserem eu faço também) e o que eu escolhi pra falar hoje foram os chapéus, pra ser mais especifica, o panamá.

“O chapéu-panamá é um chapéu que, apesar do nome, é fabricado no Equador (onde é chamado de El Fino), especialmente em Cuenca e Montecristi.

Possui cor clara e pode ter vários formatos. É fabricado com a palha da planta Carludovica palmata, encontrada no Equador e em países vizinhos, e tecida em trama fechada.

Recebeu este nome porque o presidente estadunidense Theodore Roosevelt usou-o durante uma visita ao canal do Panamá, em 1906. Em razão disso, chapéu tornou-se moda, principalmente para homens, até a Segunda Guerra Mundial.

Ainda hoje o chapéu é utilizado no verão, tanto por homens como por mulheres.”

Enquanto fazia as pesquisas pra montar o post vi em um outro blog que esqueci o nome agora a dona falando que a não ser que você more no Rio de Janeiro o panamá não fica bom em você sem que você se pareça um turista, entendi o ponto dela, mas que tal mostrar que dá sim pra sair por aí exibindo seu chapéu sem parecer turista e cheia de estilo?

Cuidados: Na hora de guardar, tente ao máximo não amassar o chapéu e mantenha-o sempre limpo e em lugares secos e arejados para não causar mofo na palha.

Carol Indica: Dress my soul

Se tem uma coisa que gosto é de fazer esses achados bloguelísticos até porque nunca é demais achar um bloguizinho pra ler e ficar passando as páginas, ainda mais se for desses repletos de looks inspiradores.

Então ainda agorinha achei o Dress my Soul, o blog da Camila e já consegui passear por todas as páginas e admito que amei a maioria dos looks.

Super vale o clique.

Inspiração: Turban

Se tem uma coisa que sou bem chegada, acho lindo e abuso quando chega o verão são os turbantes. Dependendo do tipo de nó escolhido – podendo ele variar entre básico e clássico – montam-se as mais diversas produções, como eu ainda não sabia dar o nó clássico, só o básico, resolvi procurar como se conseguia tal façanha e olha, é facinho viu, olha só o tuto em imagens que eu achei:

Além de ser uma boa opção pra substituir os chapéus e bonés.

Já ouviu falar da Party Rock Clothing?

Ontem cá estava eu fazendo os desenhos de minhas camisetas (em breve novidades) inspiradas na música Sexy and I Know It dos caras do LMFAO quando decidi procurar se alguém tinha tido a ideia brilhante de se fazer alguma camiseta que remetesse à música, até que descobri que eles tem uma marca, a Party Rock Clothing, e tem várias t-shirts divertidas lá no site.

Essas foram minhas preferidas.

Só o que achei meio negativo é que a maioria das t-shirts são pros homens –fica a dica pra quem quer presentar o boy- e como não tenho ninguém em especial pra presentear fiquei só no gostinho.

Retrospectiva Fashion 2011

Essa semana já é Natal e na seguinte Ano Novo, então como muita gente viaja (eu também, depois falo melhor sobre isso) achei essa a melhor data pra postar… ta-daaa, a retrospectiva 2011 do Oncinha Azul.

E começando por aquela tendência que ninguém aguenta ver mais (pelo menos eu), as red pants e o color blocking, não sei se é porque eu criei cisma com o vermelho e tenho agonia com cor demais: gosto de cor vibrante, mas essa overdose me fez enjoar, não aguento mais tanta cor por aí.

Saindo do que já enjoou pra o que é hit e acho que ainda vai render e muito em 2012, são as saias longas e as plissadas; se tratando das longas prefiro as de malha e as mais fluidas, já às plissadas, gosto muito das de couro.

Quem esperava algo mais simples por se tratar de dona Bella (como eu esperava) acabou se surpreendendo.

E pra fechar (não quis deixar o post longo e cansativo) entre todos os casamentos que tiveram esse ano, tive que eleger quem apareceria aqui: o micado de Kim Kardashian, o de Miss Blair Waldorf, dona Isabella Swan e o digno de princesa de Kate Middleton, deu uma trabalheira escolher o vestido que iria aparecer aqui e terminei escolhendo dois, assim como fiz com as tendências e os eleitos foram: Lady Kate de Alexander McQueen -me apaixonei- e Isabella Swan de Carolina Herrera -me apaixonei +1-.

E pra vocês, qual foi o  hit do ano, a tendência que mais enjoou e a noiva do ano?

Fascinator Real

Estava eu preparando a retrospectiva 2011 do blog eis que me deparo com algo que fez a cabeça -literalmente- da mulherada no casamento mais esperado do ano: os fascinators do casamento de Príncipe Willian e agora Lady Kate.

Tendo ele sido bastante usado na década de 50, onde as mulheres faziam questão de introduzi-los a produção, sendo elas vistas como exemplo de elegância e bom gosto, o fascinator voltou a ver bastante visto agora, traduzido por dona Lady Kate, que não dispensa o acessório em sua produção.

Pode contar em sua produção desde penas e plumas à pedrarias e diversas outras aplicações, podendo ou não ser mais extravagante e dependendo do modelo escolhido  acompanha desde festas formais, baladas ou até mesmo o dia a dia, mas ai já entra em cena o bom senso.